design interioresVocê estuda e se dedica pensando no futuro da carreira que escolheu. Como designer de interiores, pode abrir o próprio escritório, atuar como profissional autônomo ou em uma empresa.

Para dar uma ajuda extra nessa sua caminhada rumo ao mercado de trabalho, reunimos três dicas importantes da área para você ir incorporando desde já.

Atualize-se sempre

Estudar, fazer cursos, pesquisar, viajar, participar de feiras e congressos devem ser práticas constantes. Novidades em produtos e tecnologias são lançadas todo ano. E o designer de interiores precisa estar antenado para acompanhar esse movimento.

Aprenda a calcular preços

Ao negociar um projeto, você precisará saber quanto cobrar. Pesquise como fazem os escritórios já estabelecidos. Você vai descobrir que o cálculo costuma considerar não só o valor das horas trabalhadas, mas também uma parte de seus custos de manutenção, como aluguel, eletricidade, telefone, salários de eventuais funcionários, etc.

Apure sua visão do mercado

Preste atenção às demandas de segmentos específicos. Além de criar projetos residenciais, comerciais e corporativos, você poderá atuar em estabelecimentos especializados. Por exemplo, lojas de decoração buscam pessoas qualificadas para atender aos clientes, executar projetos em softwares e acompanhar a realização de trabalhos já vendidos.

Gostou do post? Deixe sua opinião nos comentários.

Boa sorte e sucesso na carreira!


Comentários

Comentários