7 dicas para montar uma marmita fácil, gostosa e saudável

7 dicas para montar uma marmita fácil, gostosa e saudável

Almoçar fora é bem gostoso, não é? Com uma boa companhia, então, melhor ainda – pode ser um amor, um amigo, um livro, uma playlist no celular ou até nossos próprios pensamentos. Mas a verdade é que levar a refeição de casa para o trabalho é bem mais barato. Por isso, a boa e velha marmita é parte essencial do cotidiano de milhões de brasileiros.

São muitas as vantagens: levar marmita para o trabalho faz bem não só para o bolso, mas também para a saúde. No restaurante, a tendência é que a gente caia em tentação por alimentos não tão nutritivos e que podem até deixar o corpo mais lento e pesado no período da tarde.

Ao fazer a comida em casa, dá para pensar no prato com antecedência e focar em ingredientes que sejam saborosos e funcionais ao mesmo tempo, tornando a refeição uma parceira da saúde e da produtividade.

marmita_

Veja dicas para montar uma marmita balanceada:

  • Lembre-se: não é um lanchinho, trata-se de seu almoço, uma das refeições mais importantes do dia! Então capriche. Planeje a marmita pensando em um prato completo, com hortaliças, proteína, carboidrato, legumes e frutas.
  • Prefira os alimentos da estação. Além de serem mais baratos, eles ajudam a manter o cardápio variado. Investindo em novidades, fica mais difícil de enjoar.
  • Evite itens que estraguem rápido, como maionese, ovo, leite, creme de leite, molhos a base de creme de leite ou leite e frituras: não mantém a  crocância.
  • Nesses casos, use uma bolsa térmica para levar a marmita ao trabalho juntamente com barra de gelo que conserva o alimento em temperatura segura.
  • Potes de vidro não guardam cheiro nem interferem no sabor da comida. Por isso, são os recipientes mais adequados.
  • Épocas e lugares em que a temperatura oscila muito podem comprometer a segurança alimentar. Nesses casos, use uma bolsa térmica para levar a marmita ao trabalho.
  • Não coloque alimentos frios junto com os quentes. Use recipientes separados.
  • O mesmo vale para os temperos: leve-os em um potinho e coloque-os no prato na hora de comer.

Desse jeito, o almoço vira mais do que uma pausa para se alimentar. Passa a ser também um momento de cuidado com a própria saúde e o bem-estar – sem falar na economia.

Colaboração: Isabel Bonfim, docente de nutrição do Senac Penha.


Veja também!

Comentários

Comentários

COMPANY NAME
Dolor aliquet augue augue sit magnis, magna aenean aenean et! Et tempor, facilisis cursus turpis tempor odio. Diam lorem auctor sit, a a? Lundium placerat mus massa nunc habitasse, arcu, etiam pulvinar.
* we hate spam and never share your details.
Thank You. We will contact you as soon as possible.
ARE YOU READY? GET IT NOW!
Increase more than 500% of Email Subscribers!
Your Information will never be shared with any third party.