blog338x600px

 

 

Bacharelado, licenciatura ou tecnologia?

Se você pensa em fazer uma graduação, provavelmente já deve ter se perguntado sobre as diferenças entre esses cursos.

Conhecer essas variações pode te ajudar a escolher a melhor opção de acordo com o caminho profissional que pretende seguir.

Mas, antes de entender as diferenças, vamos saber o que eles têm em comum?

 

 

 

 

1 –  Os três são cursos de graduação e são oferecidos por instituições de ensino superior, como faculdades, universidades e centros universitários.
2 –  Para cursá-los, é preciso ter concluído o ensino médio.
3 – A forma de ingresso é a mesma, seguindo os processos seletivos específicos de cada instituição de ensino.
4 – Os três conferem diplomas de nível superior, que podem ser usados em vagas de emprego que exijam essa escolaridade, prestar concursos públicos e fazer pós-graduação.
5 – Para que o diploma tenha validade, é preciso que a instituição e o curso sejam reconhecidos pelo MEC (Ministério da Educação). É possível fazer essa consulta no e-mec, preenchendo os campos em Consulta Avançada.

 


 

Agora que você já conhece as semelhanças, confira as principais diferenças entre eles e veja como escolher a melhor opção para você.

Bacharelado, licenciatura ou tecnologia: principais diferenças

 

1 – Bacharelado

Um curso de bacharelado pode durar de quatro a seis anos e traz uma abordagem mais ampla da área escolhida, possibilitando o contato com diferentes campos de atuação.

Por isso, é a opção ideal para quem não conhece o mercado de trabalho ou para quem ainda não sabe exatamente qual função deseja realizar na área.

Alguns bacharelados também oferecem habilitações com disciplinas que direcionam para determinada atuação. Um bom exemplo é o bacharelado em Design de Moda aqui do Senac, que possui habilitações em Estilismo ou Modelagem.

Esses dois cursos de moda, por exemplo, têm algumas disciplinas em comum, como História da Arte, História do Design e História da Indumentária, mas a parte prática de cada graduação é bem diferente, já que a atuação do Estilista e do Modelista no mercado de trabalho são bem específicas.

Você sabe a diferença entre Estilista e Modelista?

 

2 – Licenciatura

Assim como o bacharelado, os cursos de licenciatura têm duração de quatro a seis anos, mas são voltados para quem deseja, por exemplo, dar aulas na educação básica (ensino fundamental e médio).

Ou seja, além de estudarem sobre os temas relacionados à área escolhida, os alunos de licenciatura ainda cursam disciplinas de caráter educacional para que estejam preparados para atuar como professor.

O profissional com licenciatura em Educação Física, por exemplo,  pode dar aulas dessa disciplina em escolas de nível infantil, fundamental e médio, na rede pública e privada. Com essa titulação, ele se torna professor de educação física, geralmente respondendo à categoria trabalhista de professores.

Já o bacharel em Educação Física tem como atuação mais comum  a preparação físico em clubes, academias, SPAs e hotéis. Ele também pode empreender na área.

Ainda sobre a Educação Física, se a ideia é ampliar as possibilidades profissionais, é possível obter a dupla titulação, que garante ao graduado os diplomas de bacharel e de licenciado a partir do cruzamento de disciplinas de ambos os cursos.

Existem cursos de licenciatura em diversas áreas:

• Artes: cursos como letras, música e teatro.
• Ciências Sociais: cursos como filosofia, sociologia e história.
• Ciências Naturais: cursos como biologia, química e educação física.
• Ciências Exatas: cursos como matemática e física.

É importante ressaltar que apenas algumas licenciaturas habilitam a atuação nas fases iniciais da educação básica (educação infantil e ensino fundamental I), como é o caso da licenciatura em Pedagogia. Esse curso possibilita ainda que o profissional atue em funções de gestão escolar, como coordenação e direção.

 

3 – Tecnologia

Com duração que varia de dois a três anos, os cursos superiores de tecnologia são indicados para quem trabalhar em um campo específico ou já atua na área e busca um diploma de ensino superior de forma mais rápida.

As disciplinas dos cursos tendem a ser mais práticas, com maior foco no tema do curso. Também é comum que o próprio nome do curso indique o nicho no qual você atuará, direcionando a sua carreira para a trilha exata que você deseja seguir.

É possível, por exemplo, se tornar um desenvolvedor de games fazendo um curso de bacharelado em Ciências da Computação, mas, ao longo do curso serão exploradas todas as áreas relacionadas à computação para a criação e manutenção de ferramentas e soluções computacionais.

Para quem deseja focar apenas no desenvolvimento de games, um curso de Tecnologia em Jogos Digitais pode ser uma opção mais objetiva.

Diferentemente do bacharelado e licenciatura, que são organizados em grandes áreas, como Ciências Humanas e Ciências Biológicas, os cursos superiores de tecnologia são classificados em 13 eixos:

• Ambiente e Saúde
• Apoio Escolar
• Controle e Processos Industriais
• Gestão e Negócios
• Hospitalidade e Lazer
• Informação e Comunicação
• Infraestrutura
• Militar
• Produção Alimentícia
• Produção Cultural e Design
• Produção Industrial
• Recursos Naturais
• Segurança

É importante lembrar que, como em qualquer curso de graduação, os diplomas de tecnologia possuem validade nacional e permitem que você faça qualquer pós-graduação, seja MBA e especialização (lato sensu), ou mestrado acadêmico ou mestrado profissional (stricto sensu).

Também é possível participar de concursos públicos, desde que esteja dentro dos requisitos do edital do processo de seleção. Em universidades e centros universitários, ainda é possível atuar em projetos de pesquisa e extensão ao longo da carreira acadêmica. Bacana né?

 

Nomenclatura

Tecnólogo ou tecnologia?

É comum confundir a nomenclatura dessa modalidade de ensino superior. Os profissionais formados em cursos de tecnologia ganham a titulação de tecnólogos, ou seja, se você fizer o curso de Tecnologia Estética e Cosmética, poderá se apresentar como tecnólogo em estética e cosmética.

Já quem faz um curso de bacharelado, ganha a titulação de bacharel, e quem cursa licenciatura, recebe a titulação de licenciado, podendo ainda se apresentar como professor de determinada área ou como pedagogo, no caso de quem cursou pedagogia.

E aí? Conseguiu identificar qual é a melhor opção para você?

Aproveite para conhecer os cursos de graduação presenciais e a distância do Centro Universitário Senac.


Comentários

Comentários