Conheça os detalhes do curso de estilismo e veja como ele forma profissionais completos para o mercado.

 

Curso de estilismo do Senac:
Curso de estilismo do Senac:

Criatividade, empreendedorismo e atualização. Essas são as competências que aluno desenvolve durante os quatro anos do curso de estilismo. Com quase 20 anos de experiência na formação de profissionais da área de moda, o Senac tem metodologia própria de ensino.

Conheça a estrutura do curso de estilismo!

Metodologia do curso

Nos três primeiros anos, ele tem uma formação básica na área de estilismo, com o desenvolvimento de projetos integradores do primeiro ao sexto períodos. Pouco a pouco esses projetos, que são verdadeiros desafios, vão preparando os estudantes para o desenvolvimento do trabalho de conclusão de curso (TCC) no 4° ano.

Para o TCC, o aluno escolhe uma das cinco linhas de formação para se aprofundar. Nesse período do curso, além do apoio essencial do professor orientador, as disciplinas oferecem os recursos técnicos e criativos sobre todas essas linhas de estilismo.

Ficou curioso? Vamos conhecê-las?

 Conheça as 5 linhas do estilismo para os trabalhos de conclusão de curso.

 

1 – Desenvolvimento em criação e confecção em moda 

Acompanhar o mercado, pesquisar inspirações para o desenvolvimento de coleções – incluindo cerca de quatro looks – de acordo com proposta, segmento e público-alvo predefinidos. Essa é a  proposta da primeira linha que o aluno pode escolher para produzir o TCC.

 

2 – Figurino 

Acompanhar a criação e o desenvolvimento de roupas de cena para produções artísticas, fazendo as adaptações dos materiais e acessórios. Nessa linha, o aluno vai mostrar que o figurino é muito mais do que uma simples roupa para um personagem. Ele ajuda a contar a sua história, sendo que essa roupa pode pedir volumes diferenciados e até ser mais rebuscada, dependendo da escolha narrativa.

 

3 – Moda e gestão

Voltada para a gestão de negócios da moda, essa linha é destinada ao aluno que pensa em abrir uma empresa ou busca aprimorar o lado empreendedor. Ela desenvolve uma visão integrada dos processos ligados à cadeia de produção, desenvolvimento de coleções, compra, venda, marketing e liderança. Tem como objetivo potencializar a eficácia do negócio, aplicando ferramentas de gestão para facilitar as relações e a interdependência entre os diferentes setores da organização. Nela, é proposto o desenvolvimento de um plano de negócio que inclui a gestão de pessoas, de peças, de produção e de coleção.

 

4 – Pesquisa em moda

Para os interessados em pesquisa e em seguir a área acadêmica, essa linha estimula o aluno a produzir uma monografia, aprofundando-se em um tema sobre moda. Entre as possibilidades, nesse sentido, estão o fenômeno das roupas sem gênero e o fast fashion, que é um padrão de produção em que os produtos são fabricados, consumidos e descartados rapidamente. O legal é que esse pode ser o início de uma futura pesquisa de mestrado na área! Ou até mesmo de uma carreira como professor.

 

5 – Imagem de moda

Caso opte por essa linha, o aluno vai atuar diretamente na produção de moda: pode ser uma foto, um editorial ou uma capa de revista. Para isso, desenvolve pesquisa e atualização das informações de moda (ilustração, tendências, comportamento). Também é preciso cuidar de todo o look do modelo, da cabeça aos pés, do ambiente e da foto produzida. A força da imagem digital e da própria imagem da moda fazem dessa opção a mais popular entre os alunos do Senac: quase metade deles escolhem essa linha.

 

E por falar no poder da imagem…

O curso oferece algumas disciplinas que ampliam o conhecimento dos alunos sobre a importância da imagem para a área da moda.  Durante essas aulas, o futuro profissional debate, de maneira ampla, as possibilidades de uma criação de imagens realmente inspiradoras, que representam os produtos da forma mais fiel possível.

 


Outras características do curso:
–  Dialoga com a diferentes linguagens e necessidades do mercado;
–  Garante uma formação sempre alinhada à realidade do mundo da moda, que muda o tempo topo;
– Atende aos interesses de produção intensa dos alunos.

 

Resumindo, é papel do futuro estilista ter uma visão que vai além da construção de uma vestimenta. Ele precisa sempre desenvolver uma criação aberta, levando em consideração todo o contexto de moda.

O curso de estilismo do Senac estimula a formação de profissionais realmente inovadores: que promovam rupturas, levando em consideração seu amplo repertório de referências, assim como todos os seus conhecimentos conceituais e técnicos.

Colaboração:
Lazaro Elizeu Moura, coordenador do curso de Bacharelado em Design de Moda – Estilismo.

 

Para conhecer o Centro Universitário do Senac, agende uma visita guiada aqui.

Para fazer sua inscrição no processo seletivo, clique aqui.

 


Comentários

Comentários