Como perder o medo de aprender um idioma?

Você tem algum tipo de medo de aprender um idioma? Confira formas simples de enfrentar as principais dificuldades e barreiras.

É possível enfrentar o seu medo de aprender um idioma.
É possível enfrentar o seu medo de aprender um idioma.

 

Para algumas pessoas aprender outro idioma parece um bicho de sete cabeças, mas, na verdade, qualquer um pode falar uma nova língua, sem mistério. Sabe por quê?

 

Enfrentando o medo de aprender um idioma

 

Todos somos capazes

Assim como você aprendeu sua língua materna, pode aprender um novo idioma. É verdade: quando nascemos, somos capazes de emitir fonemas de todas as línguas do mundo e o aprendizado daquele que será “o nosso idioma” acontece aos poucos, todos os dias, com a exposição permanente a essa língua e prática diária. Ou seja, essa capacidade é intrínseca a cada um de nós.

Já a aprendizagem é um percurso, assim como quando éramos bebês: começamos balbuciando algumas palavras, depois expressões, para, em seguida, formar frases, descobrir falas do dia a dia, entender o funcionamento da língua, criar noções gramaticais e assim por diante.

 

Mas cada um tem seu tempo

Por isso, é superimportante considerar que este aprendizado toma tempo e ninguém sai falando um idioma do dia para a noite. Não custa lembrar que nós levamos pelo menos dois anos para falar nossa própria língua.

Trata-se de uma construção contínua e que começa pelo básico. O mais importante é ter paciência e começar caminhando passo a passo e respeitando o próprio tempo de aprender.

 

Fale, erre, corrija, aprenda

Um dos medos mais comuns dos alunos de idiomas é falar errado ou pronunciar mal palavras e expressões. Mas se você está em uma sala de aula, todos estão ali para aprender, certo? Deixe de lado esse freio e esteja aberto para aprender com seus erros. Fale, erre, corrija e aprenda.

Encare a sua aprendizagem e reafirme seus objetivos. Se a vergonha persistir, acolha e aceite sua presença, sem deixar que isso impeça seu processo de evolução. Quanto à pronúncia, bem: ela só vai melhorar se você… falar!

 

Fale, fale e, acima de tudo, fale

Falar um idioma é muito mais importante do que ter uma pronúncia exemplar. Vale repetir: ninguém começa falando perfeitamente.

É preciso primeiro falar errado para aprender a falar corretamente: esse processo é inevitável e faz parte da aprendizagem.

 

Traga a nova língua para a sua rotina

Se você praticar o novo idioma apenas durante as aulas de um curso, provavelmente levará muito mais tempo para dominá-lo. Se quer aprender com mais tranquilidade e facilidade, ele tem que ter uma presença mais frequente na sua rotina.

Para voltar ao exemplo dos bebês, eles ouvem seu idioma materno 24 horas por dia, todos os dias, antes de aprenderem a falar. Uma forma simples de acelerar esse processo é escutar músicas, ver filmes e ler jornais e livros na língua que você quer ou já está aprendendo.

Traga este novo idioma para o seu dia a dia e ajude seu cérebro a fazer conexões que potencializam a aprendizagem. Sem contar que, assim, você se aproxima cada vez mais de uma nova cultura, o que pode ser um ótimo motivador para o seu processo.

Criou coragem?
Encontre mais alguns motivos para começar seus estudos aqui:

Por que vale a pena aprender um idioma?

Conheça novos conteúdos sobre idiomas

Conheça os cursos de idiomas do Senac?

Veja também!

Comentários

Comentários