Hairdresser cutting bread for client with razor at modern barbershop
Trabalhar com barbearia: oportunidade para quem atua na área de beleza.

Se você pensa em trabalhar com barbearia, a hora é esta!

Após uma fase de menor popularidade, as barbearias têm conquistado cada vez mais espaço na vida do homem moderno.

Na verdade, a tradição desse tipo de negócio nunca deixou de existir, apenas perdeu força depois da popularização da lâmina de barbear, que trouxe liberdade e autonomia para o homem fazer a própria barba.

Com a recente valorização da estética masculina no mercado de beleza, a visita às barbearias voltou ao cotidiano dos brasileiros – atraindo cada vez mais interessados em atuar na área.

Se você pretende trabalhar com barbearia, saiba que o momento é bastante favorável para quem está em busca de oportunidades!

 

Mercado de beleza masculina em alta

 

Man having head massage in the spa salon
Trabalhar com barbearia: mercado de beleza masculina com ótimas perspectivas.

 

A vaidade e o cuidado com a aparência estiveram por muito tempo restritos ao universo feminino, muito por conta de rígidos padrões culturais criados pela própria sociedade.

Hoje, com preconceitos e barreiras pouco a pouco sendo superados, os homens estão mais à vontade para expressar seu visual e muito mais abertos às tendências relacionadas ao estilo e aos cuidados pessoais.

Esse novo comportamento, aliás, se reflete em números cada vez mais expressivos de um nicho que não para de crescer.

Veja isso: em 2016, o mercado de beleza para homens movimentou cerca de R$ 19,6 bilhões na economia brasileira, um crescimento de 14% em relação a 2011. Sabe qual o ramo que mais se destacou? Isso mesmo, o de barba, cabelo e bigode.

E as notícias boas não param por aí: a previsão da empresa de pesquisa Euromonitor International, que monitora o mercado em 80 países, é de que o setor de cuidados pessoais masculinos no país cresça aproximadamente 7% ao ano até 2019.

Se essa previsão for confirmada, o Brasil se tornará o maior mercado do mundo no segmento de beleza para homens, superando os Estados Unidos. Já pensou?

 

Origem da Barbearia: muito além dos cuidados com a aparência

 

Indoors image of barbershop
Trabalhar com barbearia: tradição e tendência de negócio.

 

Pouca gente sabe, mas os barbeiros surgiram na Grécia Antiga como especialistas em práticas de cura, fazendo extrações dentárias e pequenas cirurgias. Interessante, né?

A profissão foi se transformando e, desde o século 19, as barbearias passaram a ser um espaço para homens que buscavam mais do que só fazer a barba e cortar o cabelo.

Visitar periodicamente a barbearia passou a ser uma ótima oportunidade de convivência: encontrar os amigos, colocar os assuntos em dia e jogar conversa fora.

Hoje, a barbearia se tornou uma tendência de negócios e vem resgatando um pouco dessa tradição.

Muitos estabelecimentos oferecem serviços especializados de barba e cabelo, mas parte de uma experiência que reúne beleza, bem-estar e interação entre os frequentadores.

Para proporcionar esse atendimento diferenciado e adaptar a profissão aos dias atuais, as barbearias têm apostado em temas que costumam agradar a seus clientes.

Além dos métodos para cuidar do visual, alguns investem em decorações especiais e diferentes serviços.

Alguns exemplos:

  • venda de cervejas artesanais;
  • serviços de bar;
  • mesas de bilhar;
  • videogames;
  • oficina de moto;
  • atividades ligadas a competições esportivas, como exibição de jogos;
  • venda de cosméticos masculinos;
  • outros serviços estéticos, como limpeza de pele, depilação, podologia.

Com um atendimento diversificado e de qualidade, as barbearias conquistam e fidelizam a clientela masculina. E o melhor: cliente satisfeito costuma gastar mais e recomendar o estabelecimento a familiares e amigos.

Ficou animado? Então acompanhe as dicas que reunimos para quem quer investir nessa área.


Dicas para começar a trabalhar com barbearia

 

Grooming of real man.
Trabalhar com barbearia: dicas para o sucesso no seu negócio.

 

1 – Faça uma autoanálise

Antes de tudo, é importante observar e avaliar se você se enquadra no perfil para trabalhar na área. Duas características são indispensáveis:

• atenção;
• habilidades manuais.

Além disso, ganha pontos quem tem noções básicas de:

• geometria;
• desenho;
• estética.


2 – Procure um bom curso

No passado, era comum o aprendizado na área de barbearia passar de pai para filho. Hoje, o mercado pede um profissional com uma formação adequada – afinal, não dá para se arriscar a trabalhar com materiais cortantes sem nenhum tipo de preparo.

Em resumo, um curso sobre técnicas de barbearia aborda:

• biossegurança, produtos e ferramentas de trabalho;
• técnicas de corte de cabelo (com tesoura e máquinas);
• técnicas de corte de barba (com navalha e máquinas);
• visagismo (harmonia e estética voltadas para barba e cabelo, considerando linhas e ângulos do rosto do cliente).

Além disso, é no curso que ocorre o primeiro contato prático com as técnicas de barbear e cortes de cabelo. Esses exercícios supervisionados por um profissional experiente são fundamentais para uma boa formação.


3 – Busque outras possibilidades de aprendizado

Aproveite as oportunidades de estágio ou emprego para iniciantes. Fazer parte de uma equipe ajuda muito no desenvolvimento profissional.


4 – Prepare-se para treinar muito

Paciência e persistência estão entre os principais desafios para quem deseja entrar nesse ramo. Como é um trabalho que depende de habilidades manuais, as experimentações práticas são imprescindíveis para o processo de aprendizagem na área da beleza.

É preciso ter consciência de que nada é perda de tempo: praticar bastante é primordial para corrigir erros e se aperfeiçoar.

Portanto, um fator-chave para se desenvolver e evoluir na carreira é reservar tempo para treinar, treinar e treinar!

Conheça alguns cursos da área de beleza do Senac:

Técnicas de Barbearia
Cabeleireiro
Cortes: cabelos femininos e masculinos
Depilação Masculina
Administração de Salão de Beleza


5 – Fique de olho nas novidades

Como em qualquer área, na beleza também é importante acompanhar as tendências. Sempre que possível, participe de feiras e acompanhe artigos e reportagens sobre inovações no segmento masculino.

Conhecer o que há de novo pode ser um diferencial na carreira do futuro profissional.


Onde é possível trabalhar com barbearia?

O mercado de trabalho na área não fica restrito aos estabelecimentos tradicionais. Veja as possibilidades de atuação:

  • barbearias;
  • salões de beleza que, de olho nesse nicho, criaram espaços exclusivos para atendimento masculino;
  • escolas e empresas de treinamento;
  • venda de produtos cosméticos;
  • consultoria.

Curtiu? Inspire-se nessas dicas e vá em frente!

Boa sorte!

Colaboração:
Eduardo de Souza, docente da área de beleza do Senac São Bernardo do Campo.


Comentários

Comentários