Início Mais Saúde e Bem-estar Seja esteticista! 5 oportunidades de atuação para quem estuda Estética

Seja esteticista! 5 oportunidades de atuação para quem estuda Estética

Conheça as possibilidades de atuação em um dos maiores mercados do país a partir de uma formação de nível técnico.

trabalho de esteticista
As pessoas estão cada vez mais cuidando da saúde e da estética.

 

Se você está pensando em ser esteticista, mas ainda tem dúvidas sobre as possibilidades da profissão, este conteúdo é para você!

Antes de começarmos a falar sobre a profissão, vamos trazer um breve contexto. Isso vai ajudar a entender melhor por que essa área vem ganhando cada vez mais relevância.

Vem com a gente!

 

Mudança de hábitos

 

O autocuidado é uma tendência mundial em que a saúde, a beleza e o bem-estar estão associados ao ato de se sentir bem e feliz consigo mesmo.

Os cuidados com a saúde vêm ganhando cada vez mais espaço em nossa rotina, seja em estética, alimentação, exercícios físicos, terapia ou meditação.

A sociedade tem apresentado uma mudança de hábitos, mais focada no autocuidado.

Esse zelo, aliado aos avanços da medicina e da tecnologia, vem promovendo um aumento na expectativa de vida. Ou seja, estamos vivendo mais.

Segundo dados de 2018 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa de vida da população brasileira é de 76,3 anos, são 30 anos a mais do que na década de 40.

Essa mudança está diretamente ligada aos cuidados com a saúde e bem-estar.

Mas você pode estar se perguntando: onde a estética entra nessa história toda?

Chegamos então ao nosso assunto principal, pois todo este cenário faz com que a estética seja parte importante deste processo e ganhe relevância.

O que traz à profissão de esteticista cada vez mais destaque e oportunidades no mercado de trabalho.

 

Novos públicos consumidores

 

procedimentos estéticos para homens
A busca por procedimentos estéticos é cada vez maior entre os homens.

 

É importante dizer que, nos últimos anos, os homens também entraram nesse contexto.

Além do público feminino que, na maioria dos países do mundo, não deixa de realizar cuidados mínimos com a beleza mesmo em tempos de crise, o público masculino tem se cuidado cada vez mais.

Dessa forma, os homens fazem parte de públicos que antes não eram tão adeptos aos tratamentos estéticos, mas estão aderindo e se tornando grandes consumidores dos serviços e produtos do segmento.

Além dos homens, podemos citar também os adolescentes, o público da maturidade e as gestantes.

A busca por esses cuidados faz com que os mercados relacionados a essas áreas cresçam, independentemente de momentos de crise.

Assim acontece com a área de saúde e bem-estar, em que profissionais esteticistas atuam. Mesmo em épocas difíceis, registra números imponentes.

 


Um estudo de 2019 da Kantar analisou o comportamento de 22.000 homens em oito países, descobrindo que estão cada vez mais preocupados com a rotina de cuidados pessoais. Enquanto 67% dos brasileiros declaram tentar manter sua aparência, a média global é consideravelmente menor, com 57%.


 

 

Dados do setor de beleza brasileiro

 

Para mostrar como essa é uma das áreas mais promissoras do país, vamos te apresentar alguns dados de 2019, divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC):

  • De 2014 a 2019, o mercado de estética cresceu 567% no país;
  • O número de profissionais também sofreu alteração significativa; de 72 mil para mais de 480 mil profissionais;
  • O Brasil é o quarto maior mercado consumidor de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão.

Interessante, né? Pois é. Os números dessa área são bem animadores.

Neste momento, você deve estar se perguntando por onde começar para entrar nessa área em constante evolução e crescimento.

A seguir, vamos te ajudar nessa missão respondendo as dúvidas mais frequentes.

Além disso, vamos te apresentar as possíveis áreas de atuação, que podem ser em setores tradicionais, como salões e clínicas, como também empreendendo em seu próprio negócio.

 

Mas, afinal, o que faz um esteticista, ou uma esteticista?

 

estética facial
Uma das características da profissão é a ampla diversidade de atuação.

 

Muitas pessoas acreditam que a profissão de esteticista está restrita aos cuidados com a estética corporal e facial relacionados apenas à vaidade.

Entretanto, a estética integra a área de saúde e os cuidados vão além da aparência.

Os campos de atuação são amplos e profissionais podem, inclusive, atuar em clínicas médicas.

Em linhas gerais, esteticistas são profissionais com capacitação para realizar procedimentos faciais e corporais que visam à saúde e ao bem-estar.

 

Quanto ganha um esteticista, ou uma esteticista?

 

No Brasil, a definição do piso salarial é feita pelos Sindicatos de cada estado. Ou seja, não existe uma padronização dos salários de profissionais esteticistas.

A média salarial no país é de 1 a 2 salários mínimos federais.

Nessa área, você poderá encontrar as melhores oportunidades de remuneração no trabalho autônomo, no qual os ganhos podem ter uma variação muito grande, podendo iniciar em 3 e superar os 10 salários mínimos.

 

Empreender no ramo de estética

 

Como já citamos anteriormente, há um vasto mercado na área de estética a ser explorado. Tal mercado, quase sempre, não é afetado por crises econômicas, pois há um interesse muito grande do público em relação aos cuidados pessoais.

Por isso, empreender é uma ótima opção para quem deseja autonomia em seu trabalho. Mas sabemos que não é tão simples abrir o próprio negócio.

É preciso pensar em quanto você tem disponível para investir, pois o mercado possui um grande leque de oportunidades.

Há áreas em que o investimento precisa ser maior e áreas que exigem um menor investimento em equipamentos.

Planejamento é a alma do negócio. Muitas empresas não conseguem se manter por falta de planejamento.

Tenha sempre atenção aos erros e feedbacks de clientes, disposição para ouvir e a realizar as melhorias necessárias.

 

 

Possibilidades de formação

 

técnico em estética na prática
Saber escolher a formação de acordo com seus objetivos é fundamental.

 

 

Cursos rápidos ou livres

São cursos com carga horária reduzida e com foco em uma área bem específica.

Existem cursos livres voltados para pessoas que já concluíram um curso técnico e desejam se aperfeiçoar, como drenagem linfática manual e técnicas de rejuvenescimento facial e clareamento de manchas.

Faculdade de Estética

A faculdade de Estética tem duração média de três anos e meio e oferece a oportunidade de vivenciar de forma mais detalhada as diversas técnicas e práticas.

Uma graduação em estética e cosmética, por exemplo, também possibilita a construção de habilidades para alcançar posições mais estratégicas de atuação, seja ocupando cargos de gestão ou empreendendo.

O diploma de curso superior permite a especialização em cursos de pós-graduação ou o ingresso em extensões universitárias.

 

O curso técnico em estética e as possibilidades de atuação

 

O curso de estética em nível técnico desenvolve diversas competências e habilidades, associando sempre a prática com os conhecimentos relacionados a ela.

Estudantes aprendem:

  • técnicas e procedimentos estéticos faciais e corporais;
  • como fazer avaliação de pele;
  • selecionar e executar tratamentos adequados;
  • realizar procedimentos de relaxamento e bem-estar;
  • aulas de anatomia e fisiologia humana.

Além disso, aprendem a gerir seu próprio negócio e vivenciam as atividades práticas em laboratórios de estética e fazem atendimento ao público com a supervisão de docentes.

As práticas nos laboratórios são fundamentais, pois simulam clínicas e espaços de saúde que são encontrados no mercado, possibilitando uma vivência muito próxima do que será a sua realidade profissional.

Para se matricular em um curso Técnico em Estética você deve estar cursando, no mínimo, o 2º ano do Ensino Médio e ter 18 anos de idade. A duração do curso pode variar de um ano e meio a dois anos.

Esteticista: 5 oportunidades de atuação para quem faz um curso técnico

 

Profissão de Esteticista e os tratamentos capilares
A grande procura por essa área acontece também pelas diversas oportunidades que o mercado oferece.

 

Listamos abaixo algumas possibilidades de atuação para profissionais esteticistas:

 

1 –  Estética facial

O cuidado com a pele do rosto é cada vez mais procurado por mulheres e homens, afinal, quem não deseja uma pele do rosto bem cuidada e com boa aparência?

Esteticistas podem atuar utilizando técnicas específicas para promover a saúde, beleza e rejuvenescimento facial, em locais como: clinicas de estética, salões, institutos de beleza, entre outros.

 

2 – Estética corporal e massagem

São procedimentos com manuseios na pele com objetivo principal de melhorar o aspecto corporal.

Com foco nas camadas mais profundas da pele, a massagem estética auxilia na circulação sanguínea auxiliando na redução de celulite, flacidez e melhora da aparência das estrias.

A estética corporal também vivencia uma plena expansão, com diferentes recursos e tecnologias voltadas à beleza e ao bem-estar e você pode atuar em clínicas, salões, spas e até mesmo em cruzeiros marítimos e resorts.

 

3 – Terapia capilar

A terapia capilar busca prevenir e melhorar desequilíbrios que possam ocorrer no couro cabeludo.

Tem sido uma técnica muito requisitada em locais especializados por pessoas que buscam uma melhora dos problemas capilares, assim como manter a saúde do couro cabeludo.

 

4 – Consultoria estética

Oportunidade de carreira voltada para pessoas com perfil de vendas e comercial. Profissionais dessa área elaboram estratégias de vendas conforme as necessidades de clientes, tanto em relação a produtos cosméticos quanto a equipamentos de estética.

 

5 – Estética pré e pós-cirúrgica

Atua auxiliando no tratamento com objetivo de prevenir e minimizar alterações que possam acontecer. Respeitadas as características de cada procedimento, podem ser utilizados recursos como: hidratação e nutrição da pele e melhora da circulação.

 


 

Diante das informações que obtivemos até aqui, podemos concluir que o mercado de estética é promissor e um excelente caminho para quem está em busca de um mercado vasto e cheio de possibilidades.

Vale reforçar que a preparação para ingressar neste mercado é de extrema importância, por isso é necessário ter atenção à instituição de ensino que elegerá para a sua formação.

Dessa forma, a probabilidade de sucesso é muito maior, já que sairá do curso com qualificação para seguir a carreira que optou para a sua vida.

E então, já tomou a decisão?

Esperamos que, ao chegar até aqui, você tenha tirado as suas principais dúvidas em relação a profissão de esteticista e tenha se animado, ainda mais, para entrar nessa área promissora.

Agora é só dar o primeiro passo!

Conheça os cursos técnicos da área de Bem-estar


Boa sorte!

Colaboração:

Silvia Helena Mussolini de Oliveira, coordenadora de Bem-estar da Gerência de Desenvolvimento do Senac São Paulo.

 

Comentários

Comentários