Um pomar dentro de casa: já pensou?!? Sim, você pode

teste2

Já pensou ter um pomar dentro de casa?

Ah, nada como comer uma fruta direto do pé, não é verdade? E se você fizer isso na sua própria casa? Sim, é possível. Não é magia, é tecnologia: você pode perfeitamente plantar árvores frutíferas na varanda do apartamento ou no quintal de casa.

Condições para dar certo: você precisa deixar o vaso em um local que receba ao menos quatro horas diárias de sol, usar mudas de qualidade, fazer uma boa adubação e plantar direitinho.

Lembre-se: a produção em um espaço pequeno não é a mesma da árvore plantada no chão. Mas, apesar dessa limitação, ela rende belos frutos. Aliás, se você optar por espécies que dão flores, como romãzeira, pitangueira ou jabuticabeira, sua casa ficará mais bonita.

Escolha a planta

É preciso considerar a época da colheita e o clima da cidade. Em locais quentes, evite, por exemplo, a macieira e o pessegueiro, pois essas espécies são próprias para temperaturas baixas. Já abacateiro, aceroleira, bananeira, jabuticabeira, laranjeira, limoeiro, mamoeiro, maracujazeiro, mexeriqueira, tangerineira e goiabeira adoram calor.

 

Passo a passo para fazer um tomar dentro de asa

Veja a lista de materiais, o passo a passo do plantio e, em seguida, como cuidar de seu pomar doméstico:

Como cuidar

  • Irrigação: para um vaso de 80 litros, distribua de 10 litros a 20 litros de água ao longo de uma semana.
  • Adubação: a orgânica deve ser feita pelo menos três vezes por ano, com húmus de minhoca, esterco ou composto. Na adubação química, o resultado é mais vistoso. Mas o processo orgânico, além de mais saudável, deixa a fruta mais saborosa.
  • Poda: limpe o tronco com frequência, retirando ramos secos, galhos grossos, malformados e doentes. Se notar líquens e musgos, remova-os com uma escova. Uma dica: não deixe a copa muito fechada – o sol precisa bater nos ramos para produzir frutos.
  • Colheita: tenha cuidado para não machucar os frutos e romper a casca. E coloque-os em cestos para não derrubar.

Pragas e doenças

Fique de olho nas eventuais pragas e doenças que enfraquecem a planta, como formiga-saúva, pulgão, ácaro, cochonilha, abelha-irapuá, podridão-dos-frutos e brocas.

Se encontrá-las, o melhor é consultar um profissional. Mesmo assim, revelamos maneiras de combater as duas mais comuns:

  • Pulgão: aplique chá de fumo líquido com um borrifador diretamente onde ele está.
  • Cochonilha: você precisa retirar uma a uma. Se for uma infestação grande, use óleo mineral ou inseticidas mais fortes.

Pronto! Agora é só curtir o seu pomar.

Colaboração: Roselaine Faraldo Myr Sekiya, docente da área de paisagismo do Senac São Paulo.

 

Comentários

Comentários